Home Automobilismo Rali Rali Dakar fica limitado ao Peru após desistência de Argentina, Chile e...

Rali Dakar fica limitado ao Peru após desistência de Argentina, Chile e Bolívia

61
0

Os favoritos do Rali Dakar 2019 devem ser o espanhol Carlos Saiz e o francês Stéphane Peterhansel, nos carros, enquanto a KTM mais uma conquista na 41ª edição da competição. Este ano houve a desistência da Argentina, Chile e Bolívia, permanecendo apenas o Peru como anfitrião, agora com 10 dias e cerca de 3.000 km percorridos em dunas de areia, exigindo maior esforço por parte dos pilotos e navegadores. Mesmo com as mudanças ocorridas neste ano, o interesse tem sido crescente, com 554 participantes, em 337 veículos, além de ser a edição mais feminina até hoje, com 17 mulheres participando.

Sem a Peugeot presente oficialmente, a disputa nos carros deve ficar em aberto, com Sainz e Peterhansel sendo os principais favoritos. O francês Ciryl Deprés e o espanhol Nani Roma, também partem com ambições de lutar pela vitória, assim como Nasser Al-Attiyah, do Qatar, e o sul-africano Giniel de Villiers, da equipa oficial da Toyota.

O favoritismo nas motos está mais para a KTM, que tem como pilotos o austríaco Mathias Walkner, o australiano Toby Price e o britânico Sam Sunderland, vencedores das últimas três edições. Já a Honda, que poderia ser a maior adversária da KTM, tem seus principais pilotos limitados por lesões.

O Rali Dakar 2019 é disputado neste ano entre os dias 07 e 17 de janeiro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here