Home Automobilismo Fórmula E Fórmula E retorna à China com rodada dupla

Fórmula E retorna à China com rodada dupla

81
0

Após quatro temporadas, o Campeonato Mundial de Fórmula E da ABB FIA retorna ao país onde tudo começou, a China. Em 2004, Pequim recebeu a primeira corrida dos carros elétricos com vitória do brasileiro Lucas di Grassi.

A série de carros totalmente elétricos volta ao país asiático neste fim de semana e estará na cidade de Xangai. Será a estreia deste local na F-E, que está em sua décima temporada. A China já recebeu E-Prix em Sanya e Hong Kong.

Segundo os organizadores, a corrida Xangai 2024 é a maneira perfeita de celebrar dez anos da categoria como o primeiro esporte a motor totalmente elétrico. Neste ano, 22 pilotos de 11 equipes entram em igualdade de condições para somar pontos preciosos para o campeonato.

”Continuamos a ultrapassar os limites da mobilidade elétrica, assim como a China faz no desenvolvimento e adoção de veículos elétricos”, disse Alberto Longo, cofundador e diretor do campeonato da Fórmula E.

“Embora correr em Xangai seja altamente simbólico para a Fórmula E, também será um fim de semana de corrida incrível para os fãs. Há uma base apaixonada no país e mal podemos esperar para que eles experimentem um estilo completamente novo de corrida a motor em um dos locais de automobilismo mais importantes do mundo”.

O E-Prix de Xangai 2024 será realizado às 7h no Horário de Brasília e terá transmissões da Band e do Grande Prêmio.

Histórico chinês

Para a primeira visita da Fórmula E a Xangai, alguns pilotos se destacam, como o suíço Sébastien Buemi (Envision Racing), que, após seu sucesso passado na Fórmula E na China, é atualmente o único piloto no grid a ter vencido duas vezes no país.

Outro forte concorrente é o português António Félix da Costa (Tag Heuer Porsche), que recentemente conquistou uma vitória em Berlim, há menos de duas semanas. O britânico Sam Bird (McLaren) já venceu no país asiático e volta ao cockpit após perder três provas em virtude uma mão quebrada.

A equipe chinesa ERT Formula E Team faz parte do campeonato desde a inauguração do evento, e após o E-Prix de Misano 2024 ter proporcionado seu melhor resultado em seis anos, com o britânico Dan Ticktum e o brasileiro Sergio Sette Câmara. Correndo em casa esperam o melhor desempenho.

O campeonato aterrissará no Circuito Internacional de Xangai – uma instalação de automobilismo de primeira linha, conhecida por seu layout único que se assemelha ao caractere chinês “上” (shang), que significa ‘superior’.

Projetado para eventos globais de automobilismo de ponta, o circuito apresenta uma combinação desafiadora de retas de alta velocidade e curvas apertadas, incluindo o loop das curvas 1 e 2.

O desenho de 3.051 km no sentido horário é uma versão encurtada do circuito tradicional, permitindo mais voltas com os recursos adicionais que compõem todos os E-Prix da Fórmula E.

Com o campeonato se preparando para as últimas seis corridas, a classificação atual é a seguinte: o neozelandês Nick Cassidy (Jaguar TCS Racing) lidera seguido de perto pelo alemão Pascal Wehrlein (TAG Heuer Porsche).

Esses dois são os únicos pilotos com duas vitórias cada na temporada. O britânico Oliver Rowland (Nissan), com uma vitória e cinco pódios adicionais, está apenas seis pontos atrás de Wehrlein.

Classificação do Mundial de Pilotos:

1º – Nick Cassidy (Jaguar TCS Racing) – 140 pontos
2º – Pascal Wehrlein (TAG Heuer Porsche) – 124 pontos
3º – Oliver Rowland (Nissan) – 118 pontos
4º – Jake Dennis (Andretti) – 102 pontos
5º – Mitch Evans (Jaguar TCS Racing) – 97 pontos
[…]
18º – Sérgio Sette Câmara (ERT Fórmula E) – 11 pontos
[…]
23º – Lucas di Grassi (ABT Cupra)- 1 ponto

Classificação do Mundial de Equipes:

1º – Jaguar TCS Racing – 237 pontos
2º – TAG Heuer Porsche – 183 pontos
3º – Nissan – 144 pontos
4º – DS Penske – 127 pontos
5º – Andretti – 123 pontos
9º – ERT FORMULA E TEAM – 23 pontos
10º – ABT CUPRA – 19 pontos

Fonte: On Board Sports

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here