Home Automobilismo Fórmula E Grandes expectativas da Formula E para a etapa de São Paulo

Grandes expectativas da Formula E para a etapa de São Paulo

137
0
Foto: FIA Formula E

Toda a estrutura da ABB FIA Fórmula E estará de volta à cidade de São Paulo no dia 16 de março durante a quarta etapa do Campeonato Mundial de 2024. A corrida será realizada novamente no Sambódromo do Anhembi, na zona norte da capital. O local no ano passado protagonizou 114 ultrapassagens durante o E-Prix de São Paulo, com 11 mudanças de liderança.

O circuito de rua paulista possui apenas 11 curvas e três retas, sendo uma delas a mais longa da temporada com 750 metros, justamente a do Sambódromo, e com isso, os fãs nas arquibancadas provavelmente verão um show de ultrapassagens.

Em entrevista coletiva, o espanhol Alberto Longo, que é o co-fundador da categoria dos carros elétricos, projetou uma corrida equilibrada novamente, fazendo jus à Fórmula E. Neste ano, nas três etapas realizadas foram três vencedores diferentes.

“No ano passado tivemos a sorte de ver uma das etapas mais atrativas do mundo do automobilismo com mais de 110 ultrapassagens na pista, além da maior reta do campeonato. Quem veio ao Sambódromo pode ver o grande evento”.

A Fórmula E e São Paulo firmaram um acordo de cinco anos e a corrida foi bem avaliada por todos que participaram diretamente da organização da etapa. Pilotos como o neozelandês Mitch Evans (Jaguar TCS Racing) colocam o Eprix como um dos melhores do calendário.

A categoria dos carros elétricos conta com 22 pilotos e 11 equipes e está em sua décima temporada. “Estamos entusiasmados com a ideia de voltar à cidade de São Paulo. O ecossistema da Formula E, que inclui pilotos, equipes, fabricantes e patrocinadores estão contando as horas para a corrida”, disse Alberto Longo.

Alberto Longo também comentou sobre o impacto econômico e turístico da corrida em São Paulo (SP), que movimentou mais de U$90 milhões. A prova resultou na criação de 2,5 mil a 3 mil empregos diretos e indiretos.

No Sambódromo do Anhembi, o público registrado foi de 23 mil pessoas. O evento é realizado em um dia, desde o treinamento, qualificação e corrida, que está marcada para 14h03.

“Realizamos sempre um estudo de impacto econômico nas cidades da Fórmula E e os números citados são referentes a três pilares, que incluem os turistas que usam transporte e hotéis, o aumento do nível de empregos diretos e indiretos, envolvendo empresas de vários segmentos da cidade. Outro ponto também é a audiência da corrida, que teve mais 30 milhões de pessoas assistindo a prova em 150 países”.

A Formula E tem como parceiro estratégico para o Eprix brasileiro a Prefeitura de São Paulo e a São Paulo Turismo – SPTuris.

O E-Prix de São Paulo 2024 será realizado no dia 16 de março no Sambódromo do Anhembi, e os ingressos já podem ser adquiridos através do site da Eleven Tickets.

Fonte: Assessoria Formula e no Brasil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here