Yann Cunha é campeão da F3 Sulamericana mas resultado está sob júdice

Yann Cunha é campeão da F3 Sulamericana mas resultado está sob júdice

617
1
RSS Feed

A última corrida da 24ª temporada da F3 Sudamericana Petrobras foi cheia de emoções para os pilotos, familiares e mais de 100 mil pessoas que estavam presentes no Autódromo Internacional José Carlos Pace. Depois da prova de ontem, Yann Cunha, que largou em último e chegou em terceiro, conseguiu manter-se a frente na tabela do campeonato, mas por apenas 2 pontos. Bruno Andrade, vice-líder, largaria na pole hoje e Yann da 13ª posição já que havia sido punido por uso de uma asa dianteira irregular.

A corrida largou e Yann repetiu a boa largada, passou vários pilotos no início da prova até que encontrou com Bruno, tentou passar por dentro na primeira perna do S do Senna, bateu no Bruno, os dois se enroscaram mas conseguiram seguir. Um pouco mais a frente outro toque e a confusão estava armada. Yann Cunha cruzou a linha de chegada em 4ª lugar e Bruno em 5º. Enquanto isso, Fabiano Machado, conseguiu se distanciar e vencer a corrida. Victor Guerin e Lucas Foresti completaram o pódio. “A corrida foi boa, a pista estava seca e eu tinha carro para me manter na frente, mesmo com o Victor e o Lucas chegando. Eu sabia que estava bem e que poderia vencer a prova por isso me concentrei para não errar e me manter na frente”, disse Machado que venceu pela 4ª vez em 12 corridas e fechou o campeonato em 4º lugar atrás de Lu Boesel (Dragão Motorsport).

Bruno Andrade, vice-campeão, ficou muito chateado com o resultado da prova. “O campeonato não vai ser decidido hoje. Foi uma sujeira o que ele fez comigo”. Enquanto isso Yan Cunha comemorou muito o titulo, “Ganhamos, é isso que importa. Me sacanearam, mas meu carro estava muito bom e provei isso na pista. O Victor me ajudou e me deixou ultrapassá-lo já que ele não estava brigando pelo campeonato”, comemorou.

Teste Red Bull – apesar do resultado do campeonato estar sob judice, os dois primeiros colocados receberão como premio um teste da Red Bull. O local e data serão definidos pela empresa.
Na Light, o mineiro Fernando Resende KID venceu novamente e fechou o ano com chave de ouro. O colombiano Francisco Diaz foi segundo e Ronaldo Freitas terceiro. O novato Guilherme Lago foi quarto e Daniel Politzer 5º.

Resultado final da 24ª Prova
1. 2-Fabiano Machado, (17 voltas) 26:30.431
2. 14-Victor Guerin, à 10.602
3. 3-Lucas Foresti, à 15.850
4. 15-Yann Cunha, à 27.169
5. 1-Bruno Andrade, à 37.475
6. 31-Fernando Kid (L), à 51.543
7. 29-Matheus Laba, à 56.809
8. 9-Leonardo Souza, à 1:00.226
9. 47-Francisco Diaz (L), à 1:08.948
10. 32-Ronaldo Freitas (L), à 1:13.202
11. 81-Guilherme Lago (L), à 1:16.488
12. 41-Daniel Politzer (L), à 1 volta
13. 28-Guilherme Silva, à 1 volta
14. 11-Lu Boesel, à 11 voltas

Classificação final do campeonato apos 9 etapas e 24 provas

F3 Sudam
Pos No Pilotos UF – Pais Equipes Pts
1o 15 Yann Cunha DF – Bra Bassan Motorsport 363
2o 1 Bruno Andrade SP – Bra Cesário Fórmula 359
3o 11 Lu Boesel RJ – Bra Dragão Motorsport 298
4o 2 Fabiano Machado SP – Bra Cesário Fórmula 174
5o 9 Leonardo Souza PR – Bra Kemba Racing 171
6o 8 Nilton Molina SP – Bra Bassan Motorsport 150
7o 29 Mateus Laba MS – Bra Dragão Motorsport 132
8o 3 Lucas Foresti DF – Bra Cesário Fórmula 128
9o 27 Pietro Fantin PR – Bra Hitech Racing 108
10o 14 Vitor Guerin SP – Bra Bassan Motorsport 26
11o 14 Aldo Piedade Jr SP – Bra Bassan Motorsport 24
12o 17 Rodolpho Santos GO – Bra Razia Sports 22
13o 28 Guilherme Silva PR – Bra Hitech Racing 16
F3 Light
1o 31 Fernando Resende (Kid) MG – Bra Cesário Fórmula Jr 476
2o 32 Ronaldo Freitas PR – Bra Cesário Fórmula Jr 362
3o 33 Duarte Ferreira ANG PE Formula 306
4o 47 Francisco Diaz COL AT Motorsport 289
5o 41 Daniel Politzer SP – Bra Kemba Racing 99
6o 56 Jean Spolaor RJ – Bra Capital Motorsport 44
7o 56 Alberto Cattucci SP – Bra Capital Motorsport 36
8o 81 Guilherme Lago PR – Bra PropCar Racing 12

Texto: Ane Follmann
Fonte: www.f3sudam.com.br

[atualização – 30/03/2012]
O piloto Bruno Andrade, da equipe Cesário, foi declarado Campeão da Fórmula 3 Sul-Americana 2010, resultado oficial foi decidido no tribunal hoje, dia 30 de março de 2012 no Rio de Janeiro. Andrade viu em Yann Cunha seu principal concorrente na briga pelo campeonato continental. Bruno Andrade foi definido como representante brasileiro no teste com o carro da World Series, em Motorland, na Espanha.

A corrida em São Paulo acabou frustante tanto para Yann Cunha quanto para Bruno Andrade. Após ser desclassificado por usar uma asa irregular nos treinos e ser terceiro na primeira prova, atrás de Andrade, Yan precisaria de uma boa corrida final, uma vez que saía do fundo do pelotão e o rival na pole. Em uma boa recuperação Yan logo se viu em terceiro atrás de Andrade, que perderia a liderança para outro piloto, e resolveu atacar de forma anti-desportiva, restando poucas voltas para o fim. O choque foi inevitável. Yan Cunha jogou o carro pra cima de Andrade, causando impossibilidade do piloto da Cesário continuar a prova de igual para igual. O pneu de Bruno Andrade furou e ele terminou a prova em quinto lugar, enquanto Yann receberia apenas uma punição de 20 segundos, caindo para segundo lugar. A atitude de Yann foi totalmente irresponsável, uma vez que poderia até causar danos a saúde do piloto Bruno Andrade, ou de outros pilotos que estavam na pista que poderiam ter sido atingidos. O resultado lhe daria o título, mas equipe Cesário protestou.

Hoje com resultado justo e oficial o Piloto Bruno Andrade foi declarado Campeão da Formula 3 Sul-Americana de 2010.

por Natállia Andrade
[/atualização]

RSS Feed

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO