Home Automobilismo Fórmula 1 Ross Brawn pretende acabar com os testes de pneus realizados nas sextas-feiras

Ross Brawn pretende acabar com os testes de pneus realizados nas sextas-feiras

107
0
RSS Feed
Divulgação/Pirelli

Na atual temporada de 2019 da F1, além dos testes de pré-temporada e do teste final em Abu Dhabi, teremos mais duas ocasiões para testes dentro do calendário oficial. Neste momento em que a categoria busca expansão enquanto tenta reduzir gastos, parece um pouco difícil acreditar que há poucos anos dinheiro não era problema, com as equipes realizando sessões de testes com um suprimento aparentemente infinito de pneus novos e testando os motores, utilizando essas oportunidades para estudar o pacote e tentar desenvolver o potencial máximo de competição.

Sabemos que é costume cada equipe testar os pneus poucos dias antes da corrida, com a qual, eles tomam o mesmo tempo para se preparar para a corrida, estudando as medidas de cada curva, tempos de aceleração, praticamente ensaiando a performance que deverão ter domingo da corrida.

Ross Brawn, diretor esportivo da F1, acredita que isso tira um pouco do espetáculo aguardado pelo público no domingo, já que os pilotos quase não têm circunstâncias inesperadas. São várias opiniões a respeito e opostas uma à outra, mas parece que Ross Brawn está considerando proibir as equipes testarem pneus durante as sessões de sexta-feira, neste caso, pretende introduzir uma única sessão comum que serviria para realizar a configuração inicial dos carros. No entanto, o diretor da Fórmula 1 não estaria sozinho nesta empreitada.

“Os carros são totalmente confiáveis ​​e são totalmente otimizados em termos de configuração, a implantação em torno dos pneus ou qualquer outra coisa”, disse o chefe técnico da Williams, Paddy Lowe. “Isso significa que os resultados que obtém são muito mais previsíveis, a tal ponto que a principal variável é o piloto e os erros que poderia cometer. Mas mesmo com isso em mente, os pilotos hoje estão completamente em forma, por isso nem sequer se cansam, como antes, sendo bem treinados para não cometerem muitos erros”, disse o diretor técnico da Williams. Estas declarações demonstram que muitas mudanças ainda virão em breve para a F1.

RSS Feed

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here