Le Mans é opção real e próxima para Red Bull

Le Mans é opção real e próxima para Red Bull

65
0
RSS Feed
Foto: Red Bull Racing/Getty Images

Segundo Helmut Marko, consultor da Red Bull, a permanência da equipe na F1 após 2020 não está garantida, principalmente pela ideia de limitar os orçamentos, levando a marca de bebidas energéticas a empreender novas aventuras, como conquistar as 24 horas de Le Mans com o Aston Martin Valkyrie. A definição do novo Pacto da Concórdia, documento que rege as relações comerciais entre as equipes, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e a FOM (Formula One Management) e também o regulamento de motores, são fatores que serão decisivos para dar seguimento ou não ao plano B.

“Temos um acordo até 2020. Enquanto não haja uma regulamentação sobre o motor e não se renove o Pacto da Concórdia, nem a Red Bull e nem a Honda vão tomar uma decisão. Uma coisa é certa: não vamos continuar dependendo dos outros como no passado novamente, rogando e escutando promessas que não vão se cumprir”, comentou Marko.

O Aston Martin Valkyrie é resultado do projeto da marca britânica em conjunto com a Red Bull e assinado por Adrian Newey. As novas regras do WEC para 2020 atraem cada vez mais novos fabricantes, pois propõem a substituição do LMP1 por hipercarros como o Valkyrie, além da ideia de reduzir os orçamentos necessários para competir.

“As opções são deixar isso ou fazer outra coisa. Outro campeonato. Com o Valkyrie, Le Mans poderia ser uma opção com as regras dos hipercarros. Nós o desenvolvemos e foi um sucesso. Todos foram vendidos imediatamente. É outro pilar importante para a Red Bull”, declarou o dirigente austríaco.

Helmut Marko pode visualizar com grande expectativa esta possibilidade, já que conhece bem o circuito de La Sarthe, pois venceu em 1971 com a Porsche.

RSS Feed

DEIXE UM COMENTÁRIO